Daniel relembra início da carreira e faz revelação envolvendo João Paulo

Foto: Reprodução/Record TV

Com mais de 36 anos de carreira, Daniel foi um dos destaques da edição do último domingo (12) do programa Domingo Espetacular, da Record TV.

Em entrevista à repórter Fabiana Oliveira, o cantor relembrou alguns dos percalços do início da trajetória como músico e falou também sobre a falta que sente de João Paulo, seu eterno parceiro de trabalho.

O artista iniciou o bate-papo revelando que, ao contrário do que muitos pensam, ele e seu companheiro de dupla nunca almejaram o sucesso.

A gente não sonhava com o sucesso, a gente sonhava em fazer da nossa música algo especial na vida das pessoas. Fazer parte da vida delas através da nossa música e as coisas foram acontecendo. Muitas pedras rolaram, muita coisa aconteceu! E tudo isso fez com que a gente desse valor a tudo que a gente conquistou! Se tudo acontecesse de forma rápida, não seria a mesma coisa. Foi um trabalho de formiguinha, a gente fazia de tudo. Eu dirigia ônibus, ele [João Paulo] soltava rojão [para divulgar a dupla]. A gente descarregada o ônibus, a gente montava e desmontava o som.

Ao dominical, Daniel falou também sobre a falta que João Paulo faz em sua vida. O sertanejo, para quem não se lembra, faleceu em 1997, vítima de um acidente de carro.

O João Paulo pra mim hoje é sinônimo de saudade. Saudade de tê-lo aqui do lado, de poder cantar com ele. E poder ter um amigo e irmão, pois ele era o irmão que eu tinha. Tudo isso marcou demais pra mim, e a forma como tudo aconteceu. É lógico que a gente nunca está preparado para esse tipo de coisa, infelizmente. A gente nunca acha que vai acontecer com a gente. Mas quando acontece e a gente passa por isso, você tem que se reerguer. Até hoje eu não consigo entender como eu tiver forças [para seguir carreira solo].

Sempre se reinventando, Daniel lançou ainda durante a atração comandada por Edu Ribeiro e Carolina Ferraz o videoclipe de Você não vai me encontrar, sua nova música de trabalho.

Via RD1