Anitta se junta a Dfideliz e BIN em nova música de Papatinho, “Tá Com o Papato”

Foto: Reprodução/Instagram

Saiu a música nova do produtor Papatinho, com vocais de Anitta, BIN e Dfideliz. A canção se chama “Tá Com Papato” e está disponível em todas as plataformas digitais.

Ao longo da semana, tanto Anitta quanto o produtor divulgaram alguns trechos da música em suas redes sociais. No vídeo mais recente, a funkeira carioca apareceu ao lado de Neymar cantando parte da letra que diz: “desce do salto, bunda pra baixo, é o beat, eu tô armado, bunda pra baixo, bunda pro alto, é o fetiche, tá com Papato”.

A música também tem clipe. O vídeo foi gravado no Rio de Janeiro, antes da Anitta viajar para a Europa, onde está atualmente. Na época da gravação, a cantora divulgou várias fotos dos bastidores em seu Instagram.

Essa não é a única música do Papatinho com vocal da Anitta. O produtor revelou em junho um trecho de uma faixa cantada por ela e Kevin o Chris, juntos. Essa parceria é aguardada há muito tempo pelos fãs, mas ainda não tem previsão de lançamento. MC Caveirinha também faz parte do time de vozes dessa outra música, intitulada “24 Horas”.

Papatinho também já gravou com BIN e Dfideliz em “Berenice”, que bateu 5,3 milhões de reproduções no YouTube. BIN é um rapper carioca que foi contratado pela gravadora de Orochi.

“Tá Com Papato”, para Anitta, sucede “Desce Pro Play”

Essa será a segunda colaboração que Anitta lançará para o mercado brasileiro durante a quarentena flexibilizada. A cantora também cantou “Desce Pro Play” com MC Zaac e Tyga – música que se tornou um sucesso e chegou ao topo do Spotify Brasil.

A estratégia de Anitta é lançar algo para o povo brasileiro enquanto ela concentra sua atenção no mercado externo. Ela conseguiu emplacar “Paloma” no verão italiano, além de colocar “Tócame” em 1º lugar nas rádios mexicanas, enquanto o Brasil ouvia “Desce Pro Play (Pa Pa Pa)”, sua parceria com MC Zaac e Tyga.

O mecanismo vai se repetir. Em breve, ela lançará um single em espanhol, “Me Gusta”, voltado principalmente para a América Latina.

Via POPline