Diferente de “Gigantes”, BK’ conta uma história mais uniforme em “O Líder em Movimento”

Foto: Divulgação

BK’ acaba de liberar seu terceiro álbum de estúdio, “O Líder Em Movimento”. Pela primeira vez na carreira, o rapper carioca de 30 anos assina o projeto com seu nome de batismo Abebe Bikila, que é uma homenagem ao maratonista etíope que foi o primeiro negro africano a ganhar medalha de ouro em uma Olimpíada, correndo descalço.

Diferente do seu trabalho em “Gigantes”, BK’ compartilha um projeto musicalmente mais uniforme. As letras das 10 faixas do disco contam a história e as lutas de um líder negro inspirado em Martin Luther King, Malcolm X, Marielle Franco, Notorious BIG e Tupac Shakur, além da própria vivência do rapper. Além de falar sobre a filosofia Sankofa.

Na primeira faixa do álbum, “Movimento”, BK’ cita vários pretos assassinados por inspirar e libertar as pessoas. A temática racial sempre foi presente nas músicas de BK, mas agora com o movimento “Vidas Negras Importam” finalmente tomando conta do mundo, “O Líder em Movimento” chega com uma mensagem de justiça racial muito mais forte e extremamente necessária.

A bomba estourou agora, mas esse momento já tá vindo de 500 anos pra cá. De alguma forma a gente já sabia que ia acontecer essa explosão. Eu faço música de preto pra preto, isso é um fato. Não preciso ficar o tempo todo falando ‘é isso’, ‘é isso’, mas acho que chegou o momento em que eu precisava ser mais explícito e interessante, tocar numa tecla que o rap já fala há muitos anos, e a gente tem que saber falar isso sem ser chato.
- explicou o rapper ao portal UOL.

Já em entrevista à Rolling Stone, Bk’ falou mais sobre o conceito do album e como a faixa “Movimento” foi um grande pilar do trabalho.

Eu já tinha a primeira faixa, “Movimento”, e aí comecei a ter umas ideias sobre o tema. Começamos a fazer o disco meio que nesse rolê do Vidas Negras Importam, tá ligado? Só que fizemos isso antes de estourar tudo isso. Acho que no nosso subconsciente já sabíamos que essa bomba ia explodir uma hora ou outra, porque a gente já não está aguentando mais.

Não tive um momento que eu falei: ‘ai, vai ser isso’, ele foi nascendo e eu fui lapidando para ficar mais coeso. Como no Castelos & Ruínas, fui tirando o que não combinava tanto e deixei só o que contava a história.

O “Líder em Movimento” é guiado por um personagem que resgata figuras negras importantes da história e luta para fortalecer a própria comunidade. Nomes e discursos de Abdias do Nascimento, Marielle Franco, Malcolm X, Martin Luther King, Tupac, Notorious B.I.G e mais ressoam ao longo de toda a audição.

Via Rap Mais