Lady Gaga entrega o clipe de “911”

Foto: Reprodução

Dia especial para os little monsters! Lady Gaga estreia, nesta sexta (18/9), o terceiro clipe da era “Chromatica”, dando continuidade à divulgação do disco. A música escolhida é “911”, que é bastante pessoal para a cantora.

O clipe é apresentado como um curta-metragem. Ele foi gravado em agosto. Gaga disse, em entrevista à Billboard, que se sentiu muito “viva” durante a filmagem. Foi seu momento mais “vivo” desde o início da produção do álbum “Chromatica”.

Essa é uma música sobre quando seu cérebro e seu corpo se sentem em guerra um com o outro, e as filmagens exigiram que eu revisitasse o tipo de buraco negro onde estava quando escrevi. Para mim, liberdade é quando posso ir até a parte mais escura do meu coração, visitar coisas que são difíceis e depois deixá-las para trás. Entregue-os ao mundo e transforme toda a dor em uma poça de ouro.
- disse Lady Gaga.


“911” trata de antidepressivos

Lady Gaga escreveu essa música com BloodPop (o mesmo de “Stupid Love” e “Rain On Me”), Madeon (de “Venus”) e Justin Tranter (de “Lose You To Love Me” da Selena Gomez). A canção trata do remédio antidepressivo que a cantora usa. Ela faz uma metáfora com 911, o número do telefone de emergência nos Estados Unidos.

Na letra, Gaga compara os comprimidos como “o paraíso nas mãos”. “Às vezes não consigo controlar meu cérebro”, diz a popstar, que nunca escondeu seus problemas de saúde mental.

Não é divertido falar sobre medicação, para a maioria das pessoas. Mas é uma parte muito real da vida moderna, para quem precisa. Esta era sua verdade e ela queria escrever sobre isso, embora soubesse que seria doloroso chegar lá.
- conta BloodPop.

Uma curiosidade envolvendo a gravação da música é que Gaga pediu que o estúdio estivesse todo escuro, com as luzes apagadas. Ela também colocou uma peruca, para se sentir como outra pessoa. Ela queria reviver tudo o que diziam os versos.

Via PortalPOPline.com.br